segunda-feira, 29 de junho de 2015

Cursos na área de Cinema da Escola de Cinema Darcy Ribeiro com bolsa de 100%



A Escola de Cinema Darcy Ribeiro (ECDR) tornou pública a abertura das inscrições para o programa de Bolsa de Estudos Integral, concedendo vagas limitadas para os Cursos Regulares neste semestre de 2015.2. Neste edital são estabelecidas normas relativas ao Processo de Seleção para os Cursos Regulares de Roteiro Cinematográfico, Direção Cinematográfica, Montagem e Edição de Imagem e Som e Produção Audiovisual para o segundo semestre de 2015. 

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E INFORMAÇÕES GERAIS:
1.1 Dos Cursos:
Os cursos regulares oferecidos pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro compreendem as
seguintes especialidades: Direção Cinematográfica, Roteiro Cinematográfico e Montagem
e Edição de Imagem e Som com duração de 4 semestres letivos e Produção Audiovisual
com duração de 2 semestres letivos. O candidato deverá optar por um dos cursos para se
submeter ao processo seletivo destinado à bolsa.

2. Das Inscrições: 
2.1 - O período de inscrição ocorrerá de 10 de junho a 10 de julho de 2015, de 10h às 19h na Secretaria da Escola, situada à Rua da Alfândega, nº 05 – Centro – RJ. 2.2 – O candidato deverá apresentar a cópia de toda documentação exigida no ato da inscrição e assume conhecer e estar de acordo com os termos deste Edital, se responsabilizando em comprovar e atender a todos os requisitos necessários. 2.3 – Inscrições realizadas de 10/06 a 30/06 estão isentas do pagamento da taxa. De 1º/07 a 10/07, será cobrado o valor de R$ 50,00 para a inscrição.

3. Os documentos obrigatórios para inscrição são: 
a)- Cópia de documento comprobatório da escolaridade mínima exigida (Ensino Médio Completo – Oriundo da Rede Pública de Ensino); b)- Cópia do documento de identidade e CPF; c)- Currículo atualizado; d)- 3 fotos ¾ recentes; e)- Comprovante de residência; 
f)- Carta de apresentação emitida por ONG ou Ponto de Cultura atestando que o candidato é integrante da ação, esclarecendo as atividades que o mesmo desenvolve na organização e a indicação do curso a ser realizado por ele; g)- Carta de apresentação pessoal;

4. Da Seleção: 
A seleção dos candidatos aos Cursos Regulares será regida por este edital e executada por uma Comissão de Especialistas definida pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro. A seleção será realizada em duas etapas: Prova escrita (sobre conhecimentos específicos da área escolhida) e entrevista. A primeira etapa é de caráter eliminatório e a segunda, de caráter classificatório.  

5 - Etapas do processo seletivo

5.1 – Primeira Etapa – Prova Escrita: 
A prova escrita e dissertativa e avaliará as noções dos candidatos na área de conhecimento específico que norteia o curso regular escolhido, clareza na exposição de idéias, capacidade de síntese e ordenação lógica do pensamento. O resultado da prova escrita terá caráter eliminatório, sendo considerado aprovado o candidato que obtiver o grau mínimo de 7,0 (sete), calculado como a média aritmética das notas a ele atribuídas pelos examinadores.

a) A Prova Dissertativa terá duração de 02 horas. b) Não será permitida consulta bibliográfica no dia da prova; c) Não será permitido o ingresso após o horário estabelecido para a prova. 5.2 – Segunda Etapa – Entrevistas: A entrevista será realizada apenas com os aprovados na primeira etapa e possui caráter classificatório. O resultado dos aprovados na prova escrita será divulgado no site da ECDR com os respectivos horários agendados para a entrevista de seleção. 

6. Realização do Processo Seletivo
6.1 - A prova dissertativa será realizada no dia 7 de agosto de 2015 às 19h , nas salas 01 e 02 da Escola de Cinema Darcy Ribeiro, localizada à Rua da Alfândega Nº 05 - Centro, Rio de Janeiro. A divulgação dos aprovados na prova dissertativa estará disponível no site www.escoladarcyribeiro.org.br no dia 10 de agosto de 2015, às 19h. O candidato aprovado deverá consultar o horário agendado para a sua entrevista no site. 

6.2 - A entrevista será realizada na Escola de Cinema Darcy Ribeiro nos dias 11, 12 e 13 de agosto, a partir das 18h, de acordo com o horário agendado e divulgado no site da ECDR.




É de responsabilidade do candidato acompanhar o processo seletivo no site da ECDR: www.escoladarcyribeiro.org.br  

8 – Atribuições aos candidatos selecionados para manutenção da bolsa: 
a)- Comprometer-se a dedicar 10 (dez) horas semanais às atividades de monitoria na escola entregando os relatórios periodicamente à Coordenação de Ensino. b)- Comprometer-se a participar de todas as atividades de complementação promovidas pelas escola; c)- Comprometer-se a cumprir o Manual do Aluno e o Regimento Escolar. c)- Comprometer-se a ter no mínimo 75% de frequência em todas as disciplinas do curso escolhido e ter avaliações com nota mínima 7,0. 

9 – Matrícula: 

a)- Terão direito à matrícula os candidatos aprovados e selecionados, respeitando os limites das vagas estabelecidas pelo Programa; b)- Ter entregue toda a documentação exigida neste edital no ato da inscrição; c)- Efetuar a matrícula no prazo estipulado neste edital; d)- Assinar o contrato da prestação de serviços educacionais e o termo aditivo de bolsa de estudos; 

10 – Disposições Finais: 

A Escola de Cinema Darcy Ribeiro reserva o direito de cancelar a Bolsa caso venha a constatar posteriormente qualquer tipo de divergência nas informações prestadas pelo aluno


sexta-feira, 26 de junho de 2015

6 mil vagas da Secretaria de Educação da Bahia



O período de inscrições dos três editais de processo seletivo simplificado, abertos pela Secretaria de Educação da Bahia, foi prorrogado até 1º de julho. É mais uma chance para os concurseiros do estado, ou que pretendem um dia morar por lá, concorreram a 6.145 vagas temporárias. Os cadastros podem ser feitos pelo site http://www.consultec.com.br/processos-inscricoes-abertas/concursos-inscricoes-abertas/501/ da Consultec, a banca organizadora. As taxas de participação são de R$ 20 ou R$ 67, de acordo com a função pretendida. 
Do total de vagas, 4.616 são para professor da educação básica, 1.282 para professor da educação profissional e 247 para professor indígena das unidades escolares estaduais. Os contratos terão validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período, uma única vez. São reservadas 5% das vagas a candidatos com deficiência e 30% a negros.




Interessados ao cargo de professor de educação básica devem ter nível superior em licenciatura plena. Para concorrer na área de educação profissional, também se exige formação superior. Candidatos ao cargo de professor indígena deverão ter nível médio com formação em magistério indígena ou formação em nível médio na modalidade normal ou equivalente.



O salário para professores de educação básica ou educação profissional é de R$ 962,98, além de gratificação de função temporária, no valor de R$ 300,25. Professores indígenas receberão remuneração de R$ 986,61. A jornada de trabalho é de 20 horas semanais.

Candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, agendadas para 26 de julho. Quem concorre a professor de educação básica ou educação profissional ainda passará, ainda, por avaliação de títulos. A seleção tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.


MEC:seleção com 316 vagas para três áreas de nível superior



MEC abre seleção com 316 vagas para três áreas de nível superior

As chances são para formados em informática, engenharia e arquitetura

O Ministério da Educação lançou novo edital de processo seletivo simplificado, no Diário Oficial da União desta sexta-feira (26/6). Foram abertas 316 vagas temporárias de nível superior. Os salários variam de R$ 3,8 mil a R$ 8,3 mil. 

Podem concorrer graduados em informática (ou com pós-graduação na área), engenharia (civil, elétrica ou mecânica) e arquitetura. Cinco por cento das chances são para pessoas com deficiência. Veja aqui o edital de abertura

Os aprovados serão lotados em Brasília nas sedes do próprio MEC, no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). 

As provas objetivas serão aplicadas pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), no dia 13 de setembro. Serão 130 questões sobre português, raciocínio lógico, noções de direito constitucional, legislação e ética na Administração Pública, língua inglesa e informática (ambos para cargos específicos), além de conhecimentos específicos. 

Com taxas que vão de R$ 100 a R$ 120, as inscrições podem ser feitas pelo site www.cespe.unb.br, entre 3 e 22 de julho.

terça-feira, 23 de junho de 2015

O novo velho navio negreiro



Lá vem o novo velho navio negreiro
Lá vem o navio negreiro
Tem gente com fome
Negras mulheres, suspendendo às tetas
Magras crianças, cujas bocas pretas
tem gente com fome
tem gente com fome
Lá vem onavio negreiro
Outras moças, mas nuas e espantadas,
No turbilhão de espectros arrastadas,
Em ânsia e mágoa vãs!
Donde vem? onde vai? Das naus errantes
Lá vem o navio negreiro
Trazendo carga humana...
Ouvem-se gritos... o chicote estala.
E voam mais e mais...
tem gente com fome
A multidão faminta cambaleia,
E chora e dança ali!
Um de raiva delira, outro enlouquece,
Outro, que martírios embrutece,
Cantando, geme e ri!
Lá vem o navio negreiro
Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é loucura... se é verdade
Tanto horror perante os céus?!
Tantas caras tristes
querendo chegar
em algum destino
em algum lugar
tem gente com fome
tem gente com fome
Quem são estes desgraçados
Que não encontram em vós
Mais que o rir calmo da turba
Que excita a fúria do algoz?
Quem são?
Dize-o tu, severa Musa,
tem gente com fome
Lá vem o navio negreiro
Hoje... o porão negro, fundo,
Infecto, apertado, imundo,
Tendo a peste por jaguar...
E o sono sempre cortado
Pelo arranco de um finado,
E o baque de um corpo ao mar...
Auriverde pendão de minha terra,
Que a brisa do Brasil beija e balança,
Estandarte que a luz do sol encerra
Levantai-vos, heróis do Novo Mundo!
Silêncio. Musa... chora, e chora tanto
Vamos minha gente olhar...
Que o pavilhão se lave no teu pranto! ...
Lá vem o navio negreiro
correndo correndo
parece dizer
tem gente com fome
tem gente com fome
tem gente com fome

Dedicado a todos e todas que passaram por um navio negreiro no
às pessoas que sobreviveram, e especial às que não...

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Exército Brasileiro:Concurso para a Escola de Formação Complementar


Os interessados em ingressar na carreira militar terão mais uma oportunidade de fazer parte do Exército Brasileiro. O departamento de educação e cultura da instituição seleciona 63 profissionais para o curso de formação de oficiais do quadro complementar em 2016. As inscrições já estão abertas e serão aceitas até 7 de agosto. Quem quiser se candidatar deverá se cadastrar pelo site www.espcex.ensino.eb.br e pagar uma taxa de R$ 120. 

Para participar, é necessário ter, no máximo, 36 anos, ter diploma de nível superior na área de atuação e registro profissional expedido pelo órgão fiscalizador. 

As vagas são para as áreas de administração, assistência social, ciências contábeis, direito, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, informática, nutrição, psicologia, terapia ocupacional e veterinária. Ao final do curso o candidato será nomeado oficial do quadro complementar. 

O concurso é composto de exame intelectual, inspeção de saúde, exame de aptidão física, verificação documental, revisão médica e comprovação dos requisitos para matrícula. Após a conclusão do curso, o profissional será nomeado oficial do quadro complementar. A data das avaliações serão divulgadas posteriormente no site das inscrições.

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Ministério do Planejamento e Enap: concurso com 556 vagas




O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) lançaram novo concurso público nesta terça-feira (16/6). De acordo com o edital, divulgado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), banca organizadora da seleção, são oferecidas 556 oportunidades de nível superior. A remunerações variam de R$ 3.625,42 a R$ 5.596,31. 

Estão disponíveis os cargos de administrador, analista técnico-administrativo (para qualquer nível superior), arquivista, contador, médico, técnico em assuntos educacionais (qualquer nível superior), arquiteto, economista, engenheiro, analista de tecnologia da informação, assistente social, geólogo, e técnico de nível superior (qualquer nível superior). 

As inscrições custam entre R$ 90 e R$ 100, e podem ser feitas pelo site da banca, até 6 de julho. Cinco por cento das oportunidades são reservadas a pessoas com deficiência e 20% a negros.

Quem se candidatar vai ser submetido a provas objetivas e discursivas no dia 16 de agosto. O cargo de analista em TI ainda exige avaliação de títulos.


  • Cargo: administrador, analista técnico-administrativo, arquivista, contador, médico, técnico em assuntos educacionais, arquiteto, economista, engenheiro, analista de tecnologia da informação, assistente social, geólogo, e técnico de nível superior
  • Vagas:556
  • Salário: R$3.625,42 à R$5.596,31
  • Inscrições: 06/07/2015
  • Provas: 16/08/2015
  • Organizadora: CESPE/UnB

Marinha do Brasil: Concurso Público para o Corpo Auxiliar de Praças (CP-CAP)

Entre os dias 22 de junho de 2015 e 13 de agosto de 2015, a Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM) recebe as inscrições para o Concurso Público destinado à admissão ao Curso de Formação para Ingresso no Corpo Auxiliar de Praças (CP-CAP) de 2015.
As 165 oportunidades estão distribuídas entre as especialidades de Contabilidade (14), Estatística (2), Gráfica (10), Marcenaria (10), Mecânica (30), Metalurgia (40), Meteorologia (10), Motores (40), Processamento de Dados (7) e Química (2).
O curso ocorrerá no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), no Rio de Janeiro - RJ (Avenida Brasil, nº 10.946, Penha), durante 17 semanas, com início previsto para agosto de 2016.
Podem concorrer os profissionais formados em nível técnico, na área correspondente à vaga pleiteada. Os pedidos de participação serão recebidos pelo site www.ensino.mar.mil.br, ou nas Organizações Responsáveis pela Divulgação (ORDI) do Rio de Janeiro - RJ, Vila Velha - ES, Salvador - BA, Natal - RN, Olinda - PE, Fortaleza - CE, Belém - PA, São Luis - MA, Rio Grande - RS, Porto Alegre - RS, Florianópolis - SC, Ladário - MS, Brasília - DF, São Paulo - SP, Manaus - AM e Santos - SP.
Dentre às etapas avaliativas, constam Provas Escrita e de Redação, Inspeção de Saúde (IS) e Teste de Aptidão Física (TAF), além do Curso de Formação. Após a conclusão deste, o candidato será nomeado Cabo do CAP.

Outras informações podem ser obtidas no documento de abertura disponível no site abaixo:
Jornalista: Aline Martins

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Extra! Extra! Descoberto novo roteiro de viagens de Aécio Neves!


Extra! Extra! Descoberto roteiro secreto de viagens de Aécio Neves!
Depois de ser recebido de forma hostil na Venezuela, e aparecer muito mais na mídia, Aécio Neves e sua comitiva Rolidêi decidiu seguir viagem para lugares inóspitos. Num furo de reportagem, nossa equipe teve acesso a seu roteiro secreto de viagem:
1- Rússia, onde vai falar que Putin é uma pessoa muito má;
2- Alemanha, onde foi marcada uma audiência com o partido Neo Nazista alemão;
3- Ucrânia: Lá o mineiro neto de Tancredo espera falar com os separatistas dois lados;

4- Ferguson,EUA,  onde terá audiência com o movimento negro americano;

FIOCRUZ: ESPECIALIZAÇÃO EM PROMOÇÃO DA SAÚDE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL



A Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) torna pública, por meio deste instrumento de divulgação, as Normas para o processo de seleção para as vagas de alunos do CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROMOÇÃO DA SAÚDE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL 2015, na modalidade presencial.

1. OBJETIVO DO CURSO
- Desenvolver ensino para reflexão sobre conceitos e práticas de promoção da saúde, tendo por base o conceito ampliado de saúde e a ação sobre os determinantes sociais de saúde.
- Criar capacidades de articular e mobilizar conhecimentos, incluindo o diálogo com outros saberes, outras ciências e outras políticas.
- Formar trabalhadores da saúde e de áreas correlatas sob novas perspectivas de ação, incluindo empowerment da comunidade, focando na equidade, na ética, e nos direitos à saúde.

2. PERFIL DO CANDIDATO
Profissionais de nível superior de todas as áreas e que atuem na interface com o setor saúde.

3. DESCRIÇÃO DO CURSO
A abordagem pedagógica tem como princípio estruturante a relação entre processo de trabalho e formação. Baseia-se na construção de currículos orientados por competência que criem capacidades de articular e mobilizar conhecimentos. Trabalha com o desenvolvimento de atributos integrados (cognitivos, psicomotores e afetivos) que propiciem o desenvolvimento de práticas bem sucedidas no cotidiano dos serviços.
A abordagem dialógica da competência valoriza o contexto e a história de indivíduos e comunidades, possibilitando uma integração maior entre aqueles que demandam e os que acolhem nos serviços de saúde. Visa o surgimento de acordos envolvendo as instituições formadoras e reguladoras, usuários e movimentos sociais.

O processo de construção das áreas de competência, nessa abordagem, partiu da investigação da prática de profissionais reconhecidos e indicados por diferentes atores, devido à qualidade das ações profissionais que realizam. O Programa de Formação compreende um curso de Especialização com 540 horas, composto de três Unidades de Aprendizagem:
Unidade 1-Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social na Gestão de Políticas Públicas;
Unidade 2-Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social nas Instituições e Organizações;
Unidade 3-Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social nos Territórios e Comunidade.

O desenho metodológico proposto explora o conjunto de atributos a serem desenvolvidos por meio de distintas estratégias pedagógicas:
1. processamento de casos ou situações-problema estruturados;
2. relatos de prática;
3. atividades desenvolvidas em pequenos grupos - sistema de apoio docente (tutoria), sendo 1 tutor para 5 alunos;
4. caixa de ferramentas constituída por estratégias de aprendizagens oferecidas por outras áreas ou subáreas dos demais programas da ENSP, bibliografia de referência e acervo das bibliotecas e videoteca, mídias impressa, CD e Internet.

Em cada unidade de aprendizagem os atributos básicos e específicos se articularão na medida em que os cenários escolhidos, gestão de políticas, organizações e instituições e territórios e comunidade são parte de um todo. Esta relação ficará transparente à medida em que o programa contido nos dias da semana padrão for se delineando, configurando de forma mais transparente a transversalidade.

4. VAGAS
30 vagas ofertadas.

5. REGIME E DURAÇÃO
O curso, com carga horária total de 540 horas, será ministrado quintas feiras de 8 as 17h e sextas feiras de 8h as 17h.
Eventualmente ocorrerão encontros às quartas-feiras, mas os alunos serão comunicados anteriormente pela coordenação.
Período do curso: 09/09/2015 a 15/08/2016, inclui:
- o período de aulas – 09/09/2015 a 27/05/2016;
- o período de elaboração do TCC - 09/09/2015 a 27/05/2016;
- o período de finalização do curso – 15/07/2016 a 15/08/2016.

6. INSCRIÇÃO
As inscrições estarão abertas no período de 02/06/2015 a 30/07/2015. Os candidatos deverão preencher o formulário eletrônico de inscrição disponível na Plataforma SIGA www.sigals.fiocruz.br /Inscrição/ Modalidade – Presencial/ Categoria – Especialização/ Unidade – Escola Nacional de Saúde Pública/ Especialização em Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social, o qual deverá ser impresso, assinado e encaminhado, via Correio por SEDEX, juntamente com os documentos listados abaixo: (Informar no envelope: “Inscrição - CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROMOÇÃO DA SAÚDE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL”):
- Formulário Eletrônico de Inscrição assinado;
- Curriculum vitae (especificar trajetória acadêmica e profissional)
- Carta de Intenção (máximo de 2 páginas)
- Carta de Liberação da Instituição de origem (em caso de aluno recém graduado, documento de responsabilidade de não ocupação nos dias e horários do curso)

- Comprovante de pagamento da taxa de inscrição. O boleto bancário referente à taxa de inscrição inclui a taxa de inscrição, no valor de R$50,00 (cinquenta reais) acrescido da taxa do BANCO para emissão do boleto mais impostos. O boleto bancário será gerado após finalizar o preenchimento do formulário eletrônico de inscrição disponível na Plataforma SIGA. Não será aceito comprovante de pagamento no formato “agendamento de pagamento”.
São considerados isentos de pagamento da taxa de inscrição servidores federais de órgãos vinculados ao Ministério da Saúde, que deverão enviar, juntamente com os demais documentos exigidos na inscrição, fotocópia de contracheque recente identificando vínculo institucional e o número de matrícula SIAPE.

Observações:
1. Todos os campos do formulário eletrônico de inscrição são de preenchimento obrigatório.
2. Manter, sob sua guarda uma cópia do comprovante de pagamento da taxa de inscrição, por questões de segurança e para esclarecimentos eventuais de dúvidas.
3. O simples preenchimento da ficha de inscrição e o recolhimento da taxa de inscrição na agência bancária não significam que a inscrição para a seleção do Curso tenha sido efetivada. A efetivação será comprovada através do recebimento do crédito do pagamento e do recebimento da documentação exigida.
4. Não serão aceitas inscrições fora do período e horários estabelecidos, quaisquer que sejam as razões alegadas, salvo pelo adiamento oficial do período inicialmente divulgado.
5. Somente será possível imprimir o formulário de inscrição e boleto da taxa de inscrição até o último dia de inscrição. O Sistema fecha à 23h59min do dia 30/07/2015, após esse horário não é mais possível imprimir os mesmos.
.6. Para que sua inscrição seja homologada é necessário que a data de postagem de toda documentação exigida seja até o dia 31/07/2015. Inscrições com documentação incompleta ou postada após o dia 31/07/2015 não serão aceitas. Será disponibilizada no SIGA (link inscrição) a relação com os nomes dos candidatos cujas inscrições foram homologadas. Não serão fornecidas informações por telefone.
7. As fotocópias devem ser encaminhadas em papel A4 na cor branca.

8. SELEÇÃO
Será realizada de 18/08/2015 a 28/08/2015 e dela constarão duas fases:
1a fase - eliminatória e classificatória: análise do currículo (especificar trajetória acadêmica e profissional), da carta de intenção (máximo de 2 páginas) e da carta de Liberação da Instituição de origem.
Neste procedimento avaliativo, serão utilizados os seguintes critérios cumulativos de pontuação:
Análise do Currículo: serão considerados os seguintes itens:
Cursos concluídos – 2,0 pontos
Produção científica e Tecnológica – 2,0 pontos
Experiência em docência – 2,0 pontos

Experiência profissional / Perspectivas do candidato – 4,0 pontos
Análise da Carta de Intenção: redigida pelo próprio candidato expondo suas expectativas em fazer o curso. Essa carta de intenção deverá contemplar, em até 2 folhas uma abordagem dos seguintes aspectos:


Período: 18/08/2015 a 20/08/2015
Serão convocados para a entrevista (2ª fase) os 60 (sessenta) primeiros candidatos classificados na 1ª fase.
Divulgação dos Aprovados para a Entrevista: 21/08/2015
2a fase - eliminatória e classificatória, compreende uma entrevista.
Entrevista: Serão avaliadas as seguintes questões: argumentação, encadeamento e a articulação das ideias, clareza dos objetivos; pretensões e contribuições para com o curso; disponibilidade para dedicação às atividades exigidas pelo curso. Total: 10 pontos
Período das Entrevistas: 25/08/2015 a 27/08/2015
Fica a cargo da Comissão de Seleção do curso a marcação do dia, hora e local das entrevistas.
O não comparecimento à entrevista, será considerado desistência.

Divulgação do Resultado Final da Seleção: 28/08/2015
O resultado será afixado no mural do Serviço de Gestão Acadêmica e divulgado na Plataforma SIGALS (www.sigals.fiocruz.br) por número de inscrição do candidato e sua respectiva nota. Não serão fornecidas informações por telefone.

Observação:
A documentação encaminhada pelos candidatos não-selecionados ficará disponível no Serviço de Gestão Acadêmica para retirada até 90 (noventa) dias após a divulgação do resultado final da seleção.

9. MATRÍCULA
Os candidatos selecionados deverão efetuar a matrícula no período de 31/08/2015 a 02/09/2015, mediante o encaminhamento, via Correios por SEDEX 10 ou no balcão do Serviço de Gestão Acadêmica com protocolo de recebimento, de todos os documentos exigidos, listados abaixo: (Informar no envelope:” Matrícula - CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PROMOÇÃO DA SAÚDE E DESENVOLVIMENTO SOCIAL”).

- Fotocópia autenticada e legível do diploma de graduação (frente e verso na mesma folha). Os candidatos que ainda não possuem diploma de graduação deverão apresentar declaração de conclusão de curso, informando data da colação de grau, já realizada, em papel timbrado, devidamente carimbada e assinada. A data desta declaração não poderá ultrapassar o período de 02 (dois) anos anteriores à data de divulgação do presente documento. Neste caso, será necessária a apresentação de declaração em que também constem a Portaria de Reconhecimento do Curso e a data de sua publicação no Diário Oficial da União.
No caso de candidato que tenha obtido sua graduação no exterior, deverá apresentar cópia autenticada de seu diploma devidamente revalidado no Brasil;
- Fotocópia autenticada e legível da carteira de identidade em que conste o campo naturalidade (frente e verso na mesma folha);
- Fotocópia legível do CPF (frente e verso na mesma folha). Dispensado caso conste o número no documento de identidade.
- Duas fotografias 3x4 recentes.
- Fotocópia legível da certidão
- Fotocópia legível da certidão de casamento, caso haja mudança de nome em relação ao diploma de graduação.
- Comprovante de pagamento da taxa de matrícula — no valor de R$ 130,00 (cento e trinta reais) acrescido da taxa do BANCO para emissão do boleto mais impostos. O procedimento para efetuar tal pagamento será informado por ocasião da divulgação do resultado final. São considerados isentos de pagamento desta taxa: servidores federais de órgãos vinculados ao Ministério da Saúde, que deverão enviar, juntamente com os demais documentos exigidos na matrícula, fotocópia de contracheque recente identificando vínculo institucional e número de matrícula SIAPE.
Nota: As fotocópias devem ser encaminhadas em papel A4 na cor branca.

edital completo no site abaixo:

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Prefeitura de Fortaleza/CE: concurso com 1.679 vagas para a educação



A Prefeitura de Fortaleza, no Ceará, abriu dois editais de concurso com 1.679 vagas, no total. Destas, 739 são para o cargo de professor e 940 para professor-pedagogo. O prazo de inscrições já está aberto e segue até 12 de julho, pelo site da prefeitura. A taxa de participação é de R$ 120.

Para concorrer ao edital com vagas para professor é necessária licenciatura nas seguintes área: ciências (113), inglês (90), educação física (33), educação física bilíngue (3), geografia (60), história (60), língua portuguesa/literatura (140), língua portuguesa bilíngue (3), matemática (180), ensino religioso (27) e artes (30). Para participar da seleção de professor-pedagogo é preciso ter licenciatura plena em pedagogia, em regime regular ou especial, ou formação de professores do ensino fundamental (1ª à 4ª Séries).

Os salários são de R$ 1.176,85 para o posto de professor, com jornada de trabalho de 120h mensais, e R$ 2.353,70 para professor-pedagogo, com jornada de 240h mensais. Candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva (23 de agosto para professores de áreas específicas e 30 de agosto para pedagogos), prática e de títulos.

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.





fonte:
http://concursos.correioweb.com.br/app/noticias/2015/06/17/noticiasinterna,35137/prefeitura-de-fortaleza-ce-abre-concurso-com-1-679-vagas-para-a-educac.shtml

Prefeitura de Recife:edital com 500 vagas para nível médio



A prefeitura de Recife, em Pernambuco, abriu concurso com 500 vagas de nível médio para área de educação. O cargo é de agente de apoio ao desenvolvimento escolar especial (AADEE), que atua na rede municipal de ensino. A empresa responsável por organizar as etapas da seleção é a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A remuneração do posto é de R$ 1.193,37.
A seleção contará com duas etapas. A primeira consiste em provas objetivas e discursivas, a serem aplicadas em 23 de agosto. A segunda é de exame psicotécnico com data a ser informada posteriormente. Todas as provas serão aplicadas em Recife/PE. 

O período de inscrições vai de 22 de junho a 14 de julho. Interessados poderão se cadastrar pelo site da FGV. A taxa de participação é de R$ 49. O prazo de validade do concurso será de dois anos, contados a partir da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogados pelo mesmo período.





fonte:
http://concursos.correioweb.com.br/app/noticias/2015/06/17/noticiasinterna,35132/prefeitura-de-recife-lanca-edital-com-500-vagas-para-nivel-medio.shtml#.VYI5_PlViko

Atire a primeira pedra


A pedrada que atingiu uma menina de 11 anos foi jogada há muito tempo, e só agora atingiu a sociedade. Por quê?
Porque há anos existe um processo de ataque das seitas neo pentecostais aos ritos de origem afro brasileiros. É algo que envolve vários elementos e razões. Vejamos alguns:
As seitas e religiões neo pentecostais até tentaram, no começo da década de 90, medir forças com a igreja católica. Foi notório o caso do evangélico Sérgio Von Helde, então bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, o qual ousou chutar a imagem de Nossa Senhora Aparecida, ao vivo, em um programa na TV Record. Von Helde foi execrado. Teve de amargar uma espécie de exílio nos Estados Unidos. 
A igreja católica, que na década de 70, representava 99,7% da população, e hoje caiu para 64,6%, reagiu firmemente ao avanço. Os evangélicos, em especial, as seitas neo evangélicas, mudaram o foco de ataque. Passaram a “demonizar” um inimigo em comum dos católicos, os cultos de origem afro brasileiro. 
Se aproveitando do racismo brasileiro, e de olho no público, na parcela da população que compunha os seguidores dessa fé, o qual de certa forma, foi o mesmo no qual se apoiou em seu crescimento, a população mais pobre e negra, as seitas neo pentecostais(Assembleia de Deus, Universal, etc), as neo pentecostais começaram uma campanha de evangelização marcada pela demonização, perseguição do que eles chamam de “macumba”, isto é, qualquer elemento da cultura afro brasileira, como o uso de tambores, roupa branca, colares, turbantes, etc.
Nenhuma religião surge do nada. É necessário agregar elementos que façam sucesso em outros ritos, para crescer, a partir dessas tradições o fiel se sentir seguro em sua nova fé. Tanto é assim que muitas seitas evangélicas neo pentecostais passaram a usar tambores, sacrifícios, transes, como nos terreiros da umbanda e candomblé. Mas a evangelização do movimento neo pentecostal apresenta um problema seriíssimo, que é o proselitismo , característica inconfundível das seitas. Muitos deles são do tipo que "pescam no aquário dos outros" por alimentarem a crença de que são os detentores da verdade, enquanto os demais estão enganados.
E para se manter no “mercado”, levar a vida suntuosa dos templos de Salomão, é algo muito caro. É necessário um constante fluxo de caixa, de muito dinheiro. Como resolver esse problema? Duas soluções surgiram:
1- A evangelização do movimento neo pentecostal baseada na exagerada dependência da mídia. Praticando isto a igreja deixa de ser igreja do IDE e passa a ser igreja do VINDE, a evangelização passa a ser estratégia de marketing e os que se "convertem" para a igreja, passam a ser clientes e não ovelhas. 
2- Cultura do ódio e da polêmica: para se manter na audiência sempre, os “bispos” procuraram elencar um festival de ódio aos ritos de origem afro brasileiro(pois disputam o mesmo público); aos homossexuais, pois isso atua no medo e no senso comum da sociedade brasileira.
Faça um exercício simples: assista a um ou dois programas dos “Bispos” Malafaia, Marco Feliciano, Waldomiro, etc. e veja quantas vezes as palavras “Jesus”, “amor”, “fé” são faladas. Em comparação às palavras “pecado”, homossexual(ou sinônimo) “macumba(ou correlato), “vingança” e “poder”.
Eu já o fiz. Aconselho a você a fazer o mesmo. E talvez entenda o silêncio desses “bispos” sobre a agressão que a menina de 11 anos sofreu, no Rio de Janeiro. 
Deixo uma lembrança: Mateus 19
"Então, trouxeram-lhe algumas crianças, para que lhes impusesse as mãos e orasse por elas. Os discípulos, contudo, os repreendiam. Mas Jesus lhes ordenou: “Deixai vir a mim as crianças, não as impeçais, pois o Reino dos céus pertence aos que se tornam semelhantes a elas”. E, depois de ter-lhes imposto as mãos, partiu dali. Dificilmente os ricos serão salvos"

segunda-feira, 15 de junho de 2015

RioFilme: edital “Viva o Cinema!” com R$ 7 milhões para favelas e subúrbio carioca


A Distribuidora de Filmes S/A - RioFilme lança o Programa de Fomento ao Audiovisual Carioca 2015 - Viva Cinema! que contará com 05 (cinco) Linhas de Ação: 

Linha 1: Produção e Finalização de Longa-Metragem; 
Linha 2: Produção de Curta-metragem; 
Linha 3: Desenvolvimento de Longa-metragem; 
Linha 4: Desenvolvimento de Projetos para TV; 
Linha 5: Pontos de Cultura e Ações Locais – Edição Audiovisual . 

Com uma linha de ação inédita, voltada para projetos audiovisuais de Pontos de Cultura ou chancelados pelo Prêmio de Ações Locais, o edital Viva o Cinema! amplia o acesso para realizadores da periferia, de favelas e do subúrbio carioca, que dificilmente teriam acesso a financiamento público para a atividade audiovisual.

 Serão, ao todo, R$ 7 milhões, sendo R$ 5 milhões da RioFilme e R$ 2 milhões da Ancine oriundos do Programa Brasil de Todas as Telas, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA. 
O edital Viva o Cinema! reforça o compromisso da RioFilme de ampliar o diálogo com a sociedade e de democratizar o acesso ao financiamento público. Haverá ainda outras quatro linhas para projetos de: produção e finalização de longa metragem; produção de curta metragem; desenvolvimento de longa metragem; e desenvolvimento de conteúdo para TV. As inscrições podem ser feitas, exclusivamente, pelo site da RIOFILME www.rio.rj.gov.br/web/riofilme , até o dia 30 de julho, às 18h. 

Antes de sua publicação, o edital foi amplamente debatido com diferentes setores do audiovisual, por meio de consulta pública e de uma edição especial do programa Fala, Cultura!, realizado no Teatro Carlos Gomes, no fim de maio. Foram recebidas 240 sugestões de pessoas físicas, entidades, sindicatos de audiovisual e canais de televisão. Cerca de 70% das sugestões recebidas foram incorporadas ao regulamento do programa. 
A parceria com a Agência Nacional de Cinema e com os canais de televisão reforça a política da empresa de buscar parcerias que se revertam em benefícios para o setor audiovisual carioca. 
Valores de cada linha de ação:
 - Produção e Finalização de Longa Metragem – R$ 4 milhões (R$ 2 milhões da RioFilme e R$ 2 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA /ANCINE)
 -Produção de Curta Metragem – R$ 800.000,00 
- Desenvolvimento de Longa Metragem – R$ 800.000,00
 - Desenvolvimento de Conteúdo para TV – R$ 1.000.000,00 
- Pontos de Cultura e Ações Locais – R$ 400.000,00 

Sobre a RioFilme: 

Nestes mais de 20 anos, a RioFilme se tornou um modelo para o mercado audiovisual brasileiro. A empresa apoia a produção, distribuição e exibi- ção, realiza investimentos em cinema, em TV e em novas mídias, além de patrocinar eventos setoriais e promover ações de acessibilidade e de capacitação profissional. Com investimentos em toda a cadeia produtiva do audiovisual, a RioFilme promove o desenvolvimento contribui com a economia da Cidade, gerando emprego e renda, com 
impactos sociais e econômicos.

Sobre o programa Brasil de Todas as Telas

Gerenciado pela Agência Nacional do Cinema – ANCINE - o Programa Brasil de Todas as Telas é a maior e mais importante iniciativa de fomento ao setor audiovisual já desenvolvida no país. Lançado em julho de 2014, conta com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA para investimento em todos os elos da cadeia produtiva do audiovisual. Uma das ações, no eixo que visa fomentar a produção e difusão de conteúdos, busca estimular o desenvolvimento regional da produção brasileira por meio de parcerias com governos municipais e estaduais. Um total de R$ 90 milhões está sendo investido na produção de obras selecionadas por editais de entidades e órgãos públicos de governos estaduais e prefeituras de capitais.
O montante de recursos oferecidos pelo Programa é proporcional ao aporte dos órgãos e entidades locais, seguindo os seguintes parâmetros: até duas vezes os valores aportados pelos órgãos e entidades das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste; e até uma vez e meia os valore aportados pelos órgãos e entidades da região Sul e dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. No caso do Rio de Janeiro e de São Paulo, o programa vai investir até o mesmo valor disponibilizado.
Até o momento, 29 editais regionais já foram lançados em parceria do Programa Brasil de Todas as Telas com entidades e órgãos públicos estaduais e municipais em todas as regiões do País e há outros em negociação. 
Maiores esclarecimentos através do e-mail: vivaocinema.culturapresente@gmail.com

sábado, 13 de junho de 2015

Caetano, Roger Waters,BDS e você: o que tem a ver?






O ex-baixista e cantor do Pink Floyd, Roger Waters, escreveu uma carta pedindo para Caetano Veloso e Gilberto Gil cancelarem o show da dupla que está programado para o dia 28 de julho, em Tel Aviv. O documento foi encaminhado aos músicos através do movimento global BDS (sigla para “boicote, desinvestimento e sanções”),
O que isso tudo tem a ver com você?

O Movimento global BDS (Boicote – Desinvestimento – Sanções) é uma plataforma informal de ativistas, grupos sociais e organizações que, em nível mundial, coordenam os seus esforços em resposta ao Apelo lançado pela sociedade civil palestina, para pressionar Israel a cumprir com o Direito Internacional e a Declaração Universal dos Direitos do Homem.

O boicote
Embora as campanhas de boicote sejam avaliadas em função do seu impacto econômico, o seu sucesso é, também, determinado pela sua capacidade para modificar a opinião e as posições políticas. Uma campanha é avaliada pelo seu impacto econômico, por sua exposição nos meios de comunicação, pela mudança do discurso da opinião pública no que diz respeito a compreensão da luta do povo palestino e pelo impacto psicológico sobre o ofensor quanto à inaceitabilidade da sua conduta.
Assim que a campanha de boicote, desinvestimento e sanções contra o regime israelense foi lançada, em 2005, Tel Aviv deu início a um programa de contrapropaganda para melhorar sua imagem em meio à comunidade internacional. Nomeada de “Brand Israel”, essa iniciativa se baseia em análises de marketing de que o mundo ocidental compartilha uma visão de Israel como “militarizado e religioso” e procura transformar essa percepção – uma tentativa analisada por muitos e batizada de “pinkwashing”.
Em junho do ano passado, o premiê já havia declarado o BDS como uma “ameaça estratégica” ao estado de Israel. E, no início deste ano, o governo israelense declarou a alocação de cerca de 30 milhões de dólares para “combater” a campanha além de aumentar espionagem contra seus apoiadores internacionais e pressionar governos aliados a combater, legalmente, o boicote em seus países.
“Essas medidas desesperadas indicam, claramente, que o BDS está funcionando”, afirma Omar Barghouti, co-fundador do movimento, a Opera Mundi. Mas, a contra campanha israelense sobre o movimento internacional é forte.

O boicote pode assumir, nomeadamente, as seguintes formas:
(i) Boicote Acadêmico e Cultural
A cooperação acadêmica e cultural reforça a imagem de Israel nos palcos internacionais. Recusando participar em intercâmbios culturais, artistas e instituições culturais de todo o mundo os artistas podem enviar a Israel uma mensagem clara de que a sua ocupação e discriminação contra os Palestinos é inaceitável. Em particular, o boicote acadêmico pode ter impacto significativo nas instituições responsáveis por promover as teorias e os conhecimentos necessários para o prosseguimento, por Israel, das suas políticas de ocupação e discriminação.
(ii) Boicote ao Consumo
Os consumidores individuais podem mostrar a sua oposição aos projetos de Israel participando num boicote ao consumo de produtos e serviços israelitas. O boicote ao consumo atua de duas formas: primeiro, criando má publicidade para o ofensor e, depois, exercendo pressão econômica para a mudança.
(iii) Boicote Esportivo
Os acontecimentos esportivos internacionais podem desempenhar um papel importante na construção da imagem de um país no resto do mundo. Um boicote esportivo a Israel enviaria uma mensagem poderosa de que a sua política de ocupação, expulsão e racismo contra os Palestinos são inaceitáveis.
3. O Desinvestimento
O objetivo desta iniciativa é encorajar indivíduos, instituições financeiras e empresas a abandonar os seus investimentos em Israel para reduzir os lucros da economia israelense de guerra e apartheid. É, também, pressionar empresas que investem em Israel a assumir as suas responsabilidades corporativas não pactuando com a política israelense de discriminação e expulsão do povo palestino e ocupação das suas terras.
4. As Sanções
Tendo em conta o nível de dependência de Israel em relação aos mercados globais, especialmente nos setores de tecnologia e investigação, as sanções a nível nacional, regional ou institucional, podem ser a única forma de pressão eficaz. O objetivo é denunciar as repetidas violações do direito por parte de Israel e pressionar a aplicação de sanções, designadamente nos domínios militar, econômico e diplomático, bem como promover a expulsão de Israel de organizações internacionais como as Nações Unidas, a Organização Mundial de Saúde, a Cruz Vermelha, a Organização Mundial de Comércio ou a OCDE.
As sanções podem incidir, designadamente, nos seguintes domínios:
(i) Os Acordos de Cooperação
A campanha contra os acordos de cooperação com Israel visa os acordos de comércio livre ou preferenciais, de investigação conjunta e de desenvolvimento e projetos ou qualquer outra forma de acordos bilaterais ou multilaterais propostos por Israel. O objetivo é assegurar que Israel não seja recompensado pelos seus crimes com um tratamento privilegiado, reduzir os lucros de Israel e abrir caminho para um regime de sanções em larga escala.
(ii) Os Governos Locais
A campanha BDS ao nível dos governos locais e regionais visa cortar todas as relações entre municípios ou conselhos regionais e Israel no nível cultural, econômico e diplomático. Isto pode ser conseguido por meio de deliberações que visem os produtos, as relações institucionais, a cooperação, os investimentos ou outras relações que os governos locais possam ter com Israel.
(iii) As Relações Militares
O objetivo desta iniciativa é cortar as relações militares com Israel e usar campanhas públicas e o sistema judicial para atingir os criminosos de guerra israelenses e os seus cúmplices fabricantes e negociantes de armas. Importa denunciar o envolvimento de Israel no negócio de armamento e o seu papel na continuação da ocupação, forçando um embargo à compra e venda de armas a Israel.
5. As Instituições Religiosas
As instituições religiosas são vistas, em muitas comunidades, como corporizando importantes princípios éticos e morais. A sua atitude em relação a Israel tanto pode legitimar as ações deste Estado, se for de apoio, como pode ajudar a causa palestina, se for de defesa dos direitos humanos. Algumas organizações religiosas têm também um peso econômico relevante. A sua posição pode ser determinante em campanhas de boicote e desinvestimento.
6. Os Sindicatos
O envolvimento dos Sindicatos tem por objetivo a criação de laços com os Sindicatos e comunidades palestinas, evitar que contratos e negócios vão para Israel ou empresas que apoiam Israel e mobilizar os trabalhadores para o apoio a todos os aspectos da campanha BDS.
Email: bdsbrasil@googlegroups.com

Para proporcionar um espaço para informação, análise e troca de ideias e de experiências para todos os participantes no Movimento, foi criado o site

http://www.bdsmovement.net
gerido pelo Comitê Nacional Palestino para o BDS e, no Brasil, o site
https://sites.google.com/site/boicoteisrael/

que visa trazer acesso à plataforma do BDS aqui no Brasil.

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Secretaria da Educação da Bahia: edital com 6.145 oportunidades

A Secretaria de Educação da Bahia abriu 6.145 vagas temporárias em novo processo seletivo simplificado. Destas, 4.616 são para professor da educação básica, 1.282 para professor da educação profissional e 247 para professor indígena das unidades escolares estaduais. Os contratos terão validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período, uma única vez. São reservadas 5% das vagas a candidatos com deficiência e 30% a negros.

Interessados ao cargo de professor de educação básica devem ter nível superior em licenciatura plena. Para concorrer na área de educação profissional, também se exige formação superior. Candidatos ao cargo de professor indígena deverão ter nível médio com formação em magistério indígena ou formação em nível médio na modalidade normal ou equivalente.

O salário para professores de educação básica ou educação profissional é de R$ 962,98, além de gratificação de função temporária, no valor de R$ 300,25. Professores indígenas receberão remuneração de R$ 986,61. A jornada de trabalho é de 20 horas semanais.

Candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, agendadas para 26 de julho. Quem concorre a professor de educação básica ou educação profissional ainda passará, ainda, por avaliação de títulos.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até 26 de junho, pelo site da Consultec, a banca organizadora. As taxas de participação são de R$ 20 ou R$ 67, de acordo com a função pretendida. A seleção tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

O Processo Seletivo Simplificado será constituído das seguintes etapas:
a) 1ª Etapa: Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, aplicada a todas às Funções Temporárias;
b) 2ª Etapa: Prova Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para as Funções de Nível Superior e de Caráter apenas Classificatório para a Função de Nível Médio, aplicada a todas às Funções Temporárias, no mesmo dia e horário da Prova Objetiva;
c) 3ª Etapa: Prova de Títulos, de caráter classificatório, aplicada exclusivamente às funções temporárias de Nível Superior para os candidatos não eliminados na 1ª Etapa em uma proporção de 4(quatro) candidatos por vaga ofertada.

EDITAL COMPLETO NO LINK ABAIXO:
http://goo.gl/Q6WCdo

DATAS IMPORTANTES:
11/06/2015 - Início do Prazo de Solicitação de Isenção de Taxa de Inscrição
11/06/2015 - Início das Inscrições (a partir das 08:00)
15/06/2015 - Fim do Prazo de Solicitação de Isenção de Taxa de Inscrição
26/06/2015 - Término das Inscrições
26/07/2015 - Realização de Provas

FUB: inscrições para 167 vagas de nível médio e superior


A Fundação Universidade de Brasília (FUB) abriu o período de inscrições do recém-lançado concurso com 167 vagas. Podem concorrer a salários de até R$ 7,3 mil, candidatos com nível médio e superior. 

Para nível superior foram abertos os cargos de administrador, analista de tecnologia da informação, arquiteto e urbanista, arquivista, auditor (para formados em economia, direito ou ciências contábeis), bibliotecário-documentarista, contador, diretor de imagem, engenharia (civil, mecânica ou macatrônica), estatístico, farmacêutico, geólogo, jornalista, médico (veterinário, clínico ou do trabalho), produtor cultural, programador visual, psicólogo (organizacional ou social), publicitário, químico, regente e relações públicas. 

Para tecnólogos os postos são: fotografia, material de construção, negócios imobiliários, produção audiovisual, produção multimídia, recursos humanos e sistemas de telecomunicações. 
E para nível médio, os candidatos podem concorrer a operador de câmera de cinema e TV, taxidermista, técnico em arquivo, técnico em artes gráficas, técnico em eletroeletrônica, técnico em herbário, e tradutor e intérprete em linguagem de sinais. 

De acordo com o edital, o salário para nível superior é de R$ 3.666,54 (exceto para médico veterinário que ganhará R$ 7.333,08), e para nível médio a remuneração é R$ 2.175,17. Cinco por cento das chances são reservadas a pessoas com deficiência e 20% a negros. 

De acordo com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), banca organizadora da seleção, haverá provas objetivas para todas as áreas, provas discursivas apenas para nível superior, e prova de desempenho teórico-prático para alguns cargos. Os exames estão marcados para o dia 9 de agosto (nível superior pela manhã e nível médio à tarde). Confira o conteúdo das avaliações no edital de abertura

As inscrições podem ser feitas pelo site www.cespe.unb.br, entre os dias 12 de junho e 2 de julho. As taxas variam de R$ 54 para nível médio, R$ 91 para nível superior e R$ 183 para quem quiser concorrer a veterinário.



fonte:

http://concursos.correioweb.com.br/app/noticias/2015/06/12/noticiasinterna,35100/fub-abre-inscricoes-para-167-vagas-de-nivel-medio-e-superior.shtml#.VXqtxPmqqko